Ilha Plaza – Guia de Compras
Rio de Janeiro

Vacinação contra a gripe é prorrogada no Rio de Janeiro

Foto: Marco Antônio Rezende / Prefeitura do Rio
A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até 30 de junho. Antes programada para terminar em 5 de junho, a campanha foi estendida porque ainda é preciso vacinar, no município, cerca de 350 mil pessoas entre os públicos-alvo prioritários. Até 28 de maio, a cobertura vacinal (percentual de pessoas imunizadas) na capital estava em 72%, com quase 1,5 milhão de doses aplicadas. O objetivo é chegar a 1,8 milhão de pessoas, o que equivale a 90% de cobertura, meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

A SMS está com pontos extras e novas estratégias de vacinação para alcançar, principalmente, os grupos que aderiram pouco à campanha: grávidas, mulheres em pós parto, crianças de 6 meses a 6 anos incompletos e adultos de 55 a 59 anos de idade.

Ilha Plaza – Guia de Compras

Ao mesmo tempo, as 233 clínicas da família e centros municipais de saúde continuam oferecendo a vacina, de segunda a sexta, das 8h às 17h. As unidades que abrem aos sábados funcionam até 12h.

Pontos extras de 1 a 5 de junho: da Central do Brasil ao aeroporto

Na semana de 1 a 5 de junho, a vacina contra a gripe será oferecida em três terminais rodoviários de grande circulação, em dias específicos. Nos dias 1 e 2 de junho (segunda e terça), a vacinação acontece no Terminal Alvorada; nos dias 2 e 3 (terça e quarta), na Central do Brasil (Terminal Procópio Ferreira); nos dias 3 e 4 (quarta e quinta), no Terminal de Campo Grande.

O atendimento será das 9h às 16h e as doses serão aplicadas por técnicos do Exército. A iniciativa é uma parceria da SMS com o Comando Conjunto Leste das Forças Armadas e com o SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte). A prioridade é vacinar gestantes, adultos de 55 a 59 anos e motoristas e cobradores de ônibus.

A parceria com quatro redes de farmácias – A Nossa Drogaria, Drogarias Pacheco, Venâncio e Farmácia do Leme – continua, com 16 endereços para vacinação. A lista completa está no link https://bit.ly/ListaFarmaciasInfluenza .

Na quarta-feira, 3 de maio, o Terminal de Cargas Aéreas (TECA) do Aeroporto Internacional do Galeão também oferece doses para caminhoneiros, adultos de 55 a 59 anos de idade e indivíduos portadores de doenças crônicas não transmissíveis.

Ação em maternidades municipais

A Secretaria Municipal de Saúde fará uma ação voltada exclusivamente para gestantes e puérperas (mulheres em pós parto com até 45 dias do nascimento do bebê) atendidas em 11 maternidades e uma casa de parto da rede municipal. Todas que estiverem em pré-natal ou internadas poderão se imunizar onde já se tratam.

Gestantes e crianças: unidades de saúde adotam medidas de proteção

Mesmo em tempos de pandemia é possível ir às unidades de saúde em segurança. A SMS implantou medidas para reforçar a proteção da população que vai às clínicas da família e centros municipais de saúde. Todos os técnicos que aplicam as vacinas usam máscaras e higienizam as mãos com frequência. As pessoas são atendidas mantendo o distanciamento mínimo entre elas e o ambiente é devidamente higienizado.

A recomendação é que gestantes e puérperas, assim como responsáveis e crianças, usem máscaras ao ir ao posto de vacinação. Com o detalhe de que só crianças acima de dois anos podem usar o acessório. Higienizar as mãos com álcool em gel regularmente também é aconselhável.

Crianças estão sendo vacinadas apenas nas clínicas da família e centros municiais de saúde. Já as grávidas e puérperas, além dessas unidades, podem tomar a vacina em farmácias parceiras da SMS e nos terminais rodoviários.

Grupos com baixa adesão

Até 28 de maio, a cobertura vacinal (percentual de pessoas imunizadas) das crianças estava em 22%, a das gestantes em 28% e a das puérperas (em fase pós parto, até 45 dias do nascimento do bebê) em 35%. A cobertura dos adultos com idade de 55 a 59 estava em 31%.

Para efeito de comparação, a cobertura vacinal de idosos e profissionais de saúde – prioridade da primeira etapa de vacinação – chegou, respectivamente, a 101,7% e 117,2%.

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é vacinar 90% dos grupos prioritários.

Quem ainda precisa se vacinar?

Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos; gestantes; mulheres em pós parto (até 45 dias do nascimento do bebê); pessoas com deficiência; professores de escolas públicas e privadas; e adultos de 55 a 59 anos de idade; caminhoneiros; e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.

Quais são as doenças crônicas não transmissíveis?

Doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesidade e pessoas com trissomia ou transplantadas.

Locais de vacinação

UNIDADES DE SAÚDE – 233 clínicas da família e centros municipais de saúde
(Até 30/06)
HORÁRIO: das 8h às 17h, de segunda a sexta; nas unidades que funcionam aos sábados, até 12h.

TERMINAIS RODOVIÁRIOS
HORÁRIO: das 9h às 16h
LOCAIS E DATAS
ALVORADA – 01 e 02/06 (segunda e terça)
CENTRAL DO BRASIL – 02 e 03/06 (terça e quarta)
CAMPO GRANDE – 03 e 04/06 (quarta e quinta)

FARMÁCIAS – A Nossa Drogaria, Drogarias Pacheco, Venâncio e Farmácia do Leme
(Até sexta-feira, 05/06)
HORÁRIO: das 10h às 16h
Link com endereços das farmácias participantes: https://bit.ly/ListaFarmaciasInfluenza

TERMINAL DE CARGAS AÉREAS (TECA) DO AEROPORTO INTERNACIONAL DO GALEÃO
(Apenas quarta-feira, 03/06)
HORÁRIO: das 9h às 16h

Mostrar mais

Artigos relacionados

amateurfetishist.com tryfist.net trydildo.net