Ilha Plaza – Guia de Compras
Ilha do Governador

Prefeitura entrega equipamentos ao Hospital Nossa Senhora do Loreto, que está sob nova direção

Foto: Nelson Perez / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou nesta quinta-feira, 23/07, dez modernos equipamentos que vão renovar o parque tecnológico do Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto (HMNSL), na Ilha do Governador. A unidade, referência no atendimento de pacientes com lábio leporino (fissura labiopalatina), passa a contar com dois aparelhos de anestesia com monitores, dois aparelhos de ultrassonografia, dois monitores, um eletrocardiógrafo, um aparelho de raio X digital, um desfibrilador e uma mesa cirúrgica.

Os equipamentos entregues ao Loreto, que a partir de hoje está sob nova direção, foram adquiridos em um grande investimento da Prefeitura para as unidades de saúde da rede municipal.

Vaccinando – Teste Rápido

– Estamos muito orgulhos. Aqui é um hospital que opera lábio leporino. Trouxemos elterocardiógrafos, raio X digital, ultrassom com doppler e outros aparelhos. É muito importante equipar esta unidade, que presta serviço fundamental à população da Ilha do Governador – disse Crivella.

Sob nova direção

Também nesta quinta-feira, Crivella deu posse à nova direção do HMNSL. A dentista Ana Cláudia de Oliveira Cruz, que iniciou carreira no serviço público no Loreto, assume como diretora geral do hospital. O Centro de Tratamento de Fissura Labiopalatina (CEFIL) da unidade passa a ser coordenado por Ana Cristina Rey Antônio. O setor de odontologia também terá nova chefia, Larissa Perales Bittencourt . As três profissionais são dentistas, servidoras públicas do município e trabalham no hospital há 18 anos.

Fundado em 1952, o hospital pediátrico é único centro de referência credenciado pelo Ministério da Saúde para o tratamento multidisciplinar que corrige as fissuras labiopalatinas, também conhecidas como labio leporino, possibilitando acompanhamento médico aos pacientes que passaram pela cirurgia. Esses cuidados podem durar até a idade adulta, dependendo da complexidade do caso.

Ano passado, 80% das cirurgias de fissuras labiopalatinas realizadas em pessoas de zero a 14 anos em todo o estado foram feitas na unidade. No serviço, a criança recebe tratamento integral desde a saída da maternidade até o fim da adolescência, com tratamento de odontologia, fonoaudiologia, psicologia e cirurgia plástica, entre outras especialidades.

– Meu objetivo nessa gestão é fazer com que toda a nossa clientela pediátrica seja acolhida e receba o melhor tratamento, seguindo sempre os melhores padrões de conduta clínica e cirúrgica. O meu desafio é propiciar a todos os funcionários o melhor ambiente de trabalho, identificando antecipadamente os problemas e procurando soluções para que cada um possa sempre dar o melhor de si – avalia Ana Cláudia Cruz, a nova diretora da unidade.

Moderno polo de audiologia

Com moderno polo de audiologia, o hospital oferece alguns dos exames mais precisos, necessários para avaliar o comprometimento do sistema auditivo nas crianças nascidas com fissuras labiopalatais. Entre os equipamentos disponíveis, destaca-se o moderno BERA (para testar o potencial evocado auditivo do tronco encefálico), capaz de avaliar a audição de bebês, com ou sem sedação.

Estudos mostram que uma a cada 650 crianças que nascem são portadoras de fissura labiopalatina. Mas a demanda em outras áreas continua crescendo. No ano passado, foram 40 mil atendimentos ambulatoriais nas áreas de cirurgia pediátrica, cardiologia, otorrinolaringologia, psicologia, nutrição, epidemiologia, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, audiologia, cirurgia plástica, cirurgia pediátrica, odontologia/ortodontia, genética, enfermagem, anestesiologia e serviço social.

Do total de pacientes do CEFIL/ HMNSL, 50% são de outras cidades ou estados, encaminhados para a unidade pelos sistemas de regulação (Sisreg) de seus municípios de origem. A primeira consulta dos bebês com fissura pode ser agendada pela maternidade, pela clínica da família ou pela unidade de saúde do município de origem por meio do Sisreg.

Fonte: Prefeitura do Rio

Mostrar mais

Artigos relacionados

amateurfetishist.com tryfist.net trydildo.net