Sapucaí: União da Ilha faz desfile grandioso e luxuoso

Com 33 alas, 7 alegorias e 3.500 componentes, a União apresentou sua homenagem ao centenário do “Poetinha”.

Com 33 alas, 7 alegorias e 3.500 componentes, a União da Ilha do Governador apresentou sua homenagem ao centenário do “Poetinha” com o enredo “Vinícius no plural: paixão, poesia e Carnaval”.

Diversas personalidades marcaram presença no desfile da agremiação. Toquinho, amigo do homenageado e que cantou o samba, Helô Pinheiro, a “garota de Ipanema” e a família de Vinícius, que é da Ilha do Governador, estiveram presentes ao longo do desfile da tricolor. Artistas como David Brazil e Eriberto Leão também puderam ser vistos defendendo o pavilhão.

A comissão de frente da escola deu vida a personagens da obra de Vinícius, enquanto a bateria do Mestre Odilon deu o tom do samba com paradinhas simples. Mestre-sala e porta-bandeira da União se mostraram bastante confiantes com relação ao desempenho da escola: “Fizemos nosso papel, o público está de parabéns e queremos voltar no sábado das campeãs”, afirmou Bira. Cristiane Caldas também já está com a cabeça na apuração: “Fizemos tudo que queríamos e agora é esperar a quarta-feira de Cinzas”.

Um ponto negativo do espetáculo foi o carro Arca de Noé, que teve dificuldades para ser empurrado e deixou um buraco justamente em frente a uma das cabines de jurados. O abre-alas também teve complicações, porém já na dispersão, o que não prejudicou o andamento da agremiação.

Com fantasias não tão luxuosas, porém muito caprichadas e com ótimo acabamento, a União convenceu o público e fez uma legítima homenagem ao centenário do “Poetinha”. Na quarta-feira, integrantes e torcedores descobrirão se a escola voltará a desfilar no sábado das campeãs.

Portal SRZD