Rock in Rio anuncia shows de abertura do Palco Sunset

Rock in Rio anuncia shows de abertura do Palco Sunset

Portal SRZD

O palco dos encontros do Rock in Rio, o Sunset, dirigido por Zé Ricardo, fechou os shows de abertura de todas as noites do festival, em setembro. A primeira banda do primeiro dia (15) será SG Lewis. No dia seguinte, 16, haverá a homenagem a João Donato, com Emanuelle Araujo, Mariana Aydar, Tiê e Lucy Alves – única abertura anunciada pela organização do evento até então. No domingo, 17, a música portuguesa invade o palco, com HMB, Virgul e Carlão. O encontro entre Ana Cañas e Hyldon será o show de abertura do dia 21 de setembro. No dia 22, estão confirmados Sinara e Mateus Aleluia como a primeira atração do palco. Quabales, Margareth Menezes e Digital Dubs se apresentam no sábado, dia 23; e Ego Kill Tallent é quem abre o Sunset no último dia desta edição do evento, 24.

Circuito Ilha – Middle

SG Lewis, a primeira banda do primeiro dia
A banda britânica de soul eletrônico SG Lewis traz em sua bagagem elementos da música negra, como o jazz, o hip hop e o blues. Esta é uma grande aposta do festival em lançar um nome internacional que vem ganhando cada vez mais espaço na cena musical. SG Lewis terá um convidado ainda a ser apresentado.

Música portuguesa na abertura do dia 17
A organização do Rock in Rio anuncia a música portuguesa abrindo o Palco Sunset no dia 17 de setembro, mesma data que Nile Rodgers encerra o palco. A banda HMB, o cantor Virgul e o rapper Carlão são as atrações e fazem um encontro totalmente inesperado para o público.

A portuguesa HMB tem seu som totalmente focado no soul e groove e vem despontando nas paradas, especialmente após lançar a música “O amor é assim”, uma parceria com a reconhecida fadista Carminho. O hit está entre os maiores sucessos do HMB e ganhou destaque nas paradas nos últimos tempos. Eles se apresentarão ao lado do cantor Virgul, também português, vocalista da extinta Daweasel, uma das mais importantes bandas da história da música em Portugal. Com novo trabalho nas ruas, misturando soul, hip hop e kuduro, Virgul entrará neste show adicionando ainda mais batidas ao trabalho do HMB. Para completar este pacote, chega o rapper Carlão, também integrante da Daweasel, e que após a quebra da banda nunca mais tocou ao lado de Virgul. Uma oportunidade ímpar para os fãs portugueses e ainda para os brasileiros que conhecerão talentos incríveis da música da “terrinha”, como eles mesmos dizem.

Encontro entre Ana Cañas e Hildon no dia 21
O Palco Sunset abre o dia 21 de setembro com um encontro entre Ana Cañas e Hyldon. Dona da voz feminina na famosa canção “Pra Você Guardei o Amor”, gravada com Nando Reis, a cantora e instrumentista, que vem desenvolvendo um trabalho na música brasileira há bastante tempo, tem no mestre Hyldon uma de suas grandes influências na carreira, que aliás inspirou grandes nomes de diferentes estilos da cena brasileira, como Jota Quest.

Ao lado de Tim Maia e Cassiano, Hyldon foi responsável pela trilogia da soul music brasileira e teve papel fundamental em grandes sucessos, como “Na Rua Na Chuva Na Fazenda”, composta por ele.

Para Zé Ricardo, diretor artístico do Palco Sunset, neste show o público verá um encontro que misturará o soul de Hyldon com o folk de Ana Cañas, mas sem dúvida com toda a jovialidade compartilhada pelo som de ambos. “O Hyldon é uma inspiração para o mundo da música. Nunca parou de compor, de tocar. Segue fazendo seu trabalho com muita verdade, com muita forma. Sua participação com a Ana está dentro do conceito de trazer um mestre junto com um artista. Será uma a apresentação sem dúvida inspiradora”, afirma.

Sinara, banda formada por filhos e netos de Gil, fará apresentação com Matheus Aleluia
O encontro da jovem banda Sinara com Matheus Aleluia no Palco Sunset será no dia 22 de setembro. Essa mistura levará para o público um paralelo entre os novos nomes da música brasileira, caso da Sinara, formada por filhos e netos de Gilberto Gil, e do consagrado Matheus Aleluia, baiano reverenciado por novos compositores.

Para Zé Ricardo, é sempre muito importante endossar artistas que estão despontando e que mostram uma música com consistência e de relevância para o cenário brasileiro. “São bandas que daqui alguns anos estarão grandes e sólidas. Artistas muito bons e que merecem este espaço, como foi o caso da Donika, da Tulipa Ruiz e do próprio Emicida, que este ano está de volta ao Sunset em um encontro que fechará o palco”, lembra o diretor artístico.

Bahia invade a abertura do Sunset no dia 23
Um encontro diferente de qualquer outro já visto no Palco Sunset do Rock in Rio levará, no dia 23 de setembro, as batidas marcadas do projeto Quabales, desenvolvido por um dos líderes do grupo STOMP, para se encontrar com a voz de trovão de Margareth Menezes. Ritmo, música e dança estarão bem juntinhos nessa abertura do palco.

O objetivo de Zé Ricardo, diretor artístico do Sunset, ao juntar Quabales e Margareth é dar ainda mais holofote a talentos do Brasil, que já se apresentaram em diversos lugares do mundo. “O roots da Margareth fará todo o sentido dessa junção. Ela chega para endossar o grupo e mostrar que temos muitos talentos incríveis em casa”, diz lembrando que Quabales tem apoio de Ivete Sangalo e que Daniela Mercury participa de seu clipe.

Ego Kill Tallent abre último dia de Sunset
A organização do Rock in Rio anuncia a banda Ego Kill Talent para abrir o último dia de Palco Sunset, em 24 de setembro. Os brasileiros, que vêm despontando no cenário internacional, trazem em seu rock pesado chegando ao heavy metal um som moderno de muita qualidade. Eles se apresentam no mesmo dia em que Sepultura fecha a noite do palco.

“É uma banda surpreendente pelo crescimento e maturidade que vem atingindo rapidamente. Poderiam estar em qualquer lugar do mundo e, aqui no Brasil, têm reconhecimento de grandes nomes, como Andreas Kisser, do Sepultura, e de Dinho Ouro Preto, do Capital”, conta Zé Ricardo.

Fonte: www.srzd.com/entretenimento/rock-rio-shows-abertura-palco-sunset

COMPARTILHAR