Código Kid
Esportes na IlhaIlha do Governador

Portuguesa completa 89 anos de glórias

 A esquerda, o presidente João Rego prestigiando a visita do Rei Pelé ao Luso-Brasileiro
A esquerda, o presidente João Rego prestigiando a visita do Rei Pelé ao Luso-Brasileiro

O dia 17 de dezembro é especial para a Associação Atlética Portuguesa. É nessa data que o Clube insulano completa 89 anos de glória. E, para comemorar, será realizada uma Missa às 20h30, na Capela de Nossa Senhora de Fátima (localizada ao lado do clube). Logo em seguida, os convidados seguirão para o Salão Social, onde um bolo será servido a todos.

O presidente administrativo, João Rêgo, se diz feliz em fazer parte da Portuguesa há quase 50 anos.

Supera Super Banner

– Foram muitas conquistas ao longo dos anos que acompanhei o nosso Clube, tanto na área esportiva como social.  Mais um aniversário da Portuguesa é comemorado este mês. Parabéns ao Clube, aos sócios e aos torcedores. Nossa história é eterna e seguirá sendo contada por incontáveis gerações que virão. Se Deus quiser.  Respeitamos o passado, e estamos construindo uma Nova Portuguesa. O futuro é agora”, salientou o mandatário se referindo ao Projeto Nova Portuguesa, lançado este ano.

Segundo o presidente, o objetivo do Clube sempre foi proporcionar aos associados um “ambiente familiar, saudável e acolhedor, fortalecendo a saúde, a alegria de viver e o desenvolvimento pessoal”. Foi com esse pensamento que tudo começou em 1924.

E tudo começou em Santos – A ideia de fundação da Associação Atlética Portuguesa do Rio de Janeiro surgiu após os empresários do ramo de sacos vazios e usados Constantino Paiva e Joaquim Martins Leal, em excursão a Santos (SP), no dia 13 de novembro de 1924, terem conhecido a Portuguesa Santista.

Nessa visita, os empresários disputaram, com seus colegas e empregados, uma partida de futebol amistosa com os representantes daquela cidade, que trabalhava no mesmo ramo. O resultado do jogo foi 1 a 1 e serviu de incentivo para a fundação da Portuguesa-RJ, uma vez que a maioria dos participantes do jogo eram portugueses e, ainda vários (da cidade de Santos), eram simpatizantes da Portuguesa Santista.

De volta ao Rio, resolveram se organizar para um “jogo contra”. Foi quando que, em 17 de dezembro de 1924, Luiz Gomes Teixeira (primeiro presidente ratificado pelos estatutos de 2 de janeiro de 1925), patrões e empregados do ramo de sacaria fundaram um Clube também chamado Associação Atlética Portuguesa. A primeira sede foi na rua Visconde de Itaúna, 201, no centro da cidade (rua extinta para abertura da avenida Presidente Vargas, nos anos 40).

Apesar de ter sido fundada para prática do futebol em 1924, a Portuguesa do Rio somente se filiou a uma liga em 1926. Isso aconteceu na Liga Brasileira de Desportos (LBD), que era uma sub-liga da entidade principal, a Associação Metropolitana de Esportes Atléticos (AMEA), que norteava o futebol carioca na ocasião.

A Portuguesa, ao longo dos anos,  teve as suas façanhas internacionais. A equipe fez excursões à Europa em 1955, 56, 68, 69. Nesse último ano, venceu o Real Madri por 2 a 1, no Santiago Bernabeu. A equipe possui mais de 130 jogos internacionais. Confira essa e outras histórias que marcaram a Lusa ao longo dos 89 anos: www.aaportuguesario.com.br

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados