Operação do Bope no Morro do Dendê termina com mortos e protesto de moradores

Foto: Bruno Bernardino
Foto: Bruno Bernardino

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) realizou, nesta segunda-feira, uma operação no Morro da Dendê que terminou com a morte de duas pessoas. Um dos mortos seria o traficante Carlos Alberto Cambraia Júnior, conhecido como Metal, apontado como um dos braços direitos da dupla Fernandinho e Gil que controla o tráfico de drogas na região. A outra pessoa ainda não foi identificada.

Após as mortes moradores realizaram um protesto na Estrada do Dendê, na Avenida Paranapuã e nas ruas próximas ao Aterro do Cocotá. Segundo alguns moradores um dos mortos era trabalhador e não tinha ligação com o crime. Dezenas de pessoas espalharam uma grande quantidade de lixo, quebraram os vidros um ponto de ônibus e atearam fogo em diversos locais. O Corpo de Bombeiros foi acionado para o combate à vários focos de incêndios. Por conta dos protestos o comércio local fechou as portas mais cedo.

Circuito Ilha – Middle

Segundo informações foram apreendidos um fuzil HK G3 e munições.