‘O Santo Inquérito’ estreia na Areninha Carioca Renato Russo

Adaptação da peça homônima de Dias Gomes será encenada na Ilha do Governador

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nos dias 20 e 27 de outubro, a Areninha Carioca Renato Russo receberá a peça “O Santo Inquérito”. Dirigido por Ed Oliveira, o espetáculo traz uma releitura do original homônimo do grande dramaturgo Dias Gomes, autor de “O Pagador de Promessas”, “Roque Santeiro”, “O Bem-Amado” e tantas outras obras de destaque. “O que mais me motiva a montar uma peça de um autor ao nível de Dias Gomes é perceber que ele está mais vivo do que nunca e continua extremamente atual”, pontua Ed.

Repleto de preocupações sociais, “O Santo Inquérito” baseia-se no episódio histórico de Branca Dias – vítima da Inquisição no Brasil, no século XVIII, em quem alguns historiadores veem uma espécie de Joana D´Arc cabocla. A trama traz o conflito entre a pureza da personagem, sua boa-fé, sinceridade, e aqueles que lhe deturpam essa forma de comportamento. Eles enxergam nela intentos perigosos à ordem estabelecida e oposição a conceitos que são fundamentais para que nunca sofram abalo instituições ou sistemas de ideias muito confortáveis àqueles que precisam preservá-las.

A peça, então, apresenta uma forte crítica social e faz um convite à reflexão sobre organizações totalitárias, que podem não só tomar conta de um país inteiro como, também, estar presentes em grupos e organizações menores da sociedade ainda hoje. “No caso do ‘Santo Inquérito’, especificamente, a intenção é tentar mostrar que a ditadura religiosa ainda existe, mas de uma forma silenciosa”, ressalta o diretor.

Serviço:
O Santo Inquérito
Local: Areninha Carioca Renato Russo.
Endereço: Praça Manuel Bandeira, s/nº – Cocotá, Ilha do Governador
Estreia dia 20/10. Reapresentação: 27/10
Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia)
Classificação etária: 13 anos