Paulinho Serra Super Banner
Ilha do Governador

Justiça condena estudante por queda de ônibus no viaduto da ‘saída da Ilha’

Justica condena estudante por queda de onibus no viaduto da saida da Ilha

A Justiça do Rio condenou o estudante universitário Rodrigo dos Santos Freire a 13 anos de reclusão pelo acidente com um ônibus da linha 328, trajeto Bananal-Castelo, que despencou do Viaduto Brigadeiro Trompowski, de uma altura de mais de 8 metros, na saída da Ilha do Fundão, matando nove pessoas e ferindo sete, no dia 2 de abril de 2013.

HIG Super Banner

Na mesma decisão, a juíza Paula Fernandes Machado de Freitas, da 5ª Vara Criminal da Capital, absolveu o motorista André Luiz da Silva Oliveira. Os dois homens se envolveram em uma discussão dentro do ônibus, o estudante pulou a roleta e agrediu o motorista com chutes na cabeça. Oliveira perdeu o controle do veículo e despencou do viaduto sobre uma das pistas da Avenida Brasil.

Na sentença, a magistrada entendeu que Rodrigo cometeu o crime por motivo fútil e foi diretamente responsável pelas mortes.

“Apenas porque foi contrariado pelo motorista, que se recusara a abrir a porta dianteira do ônibus, tal qual um garoto mimado e pirracento que tem negado o pedido de um brinquedo, Rodrigo dependurou-se no balaústre do ônibus e chutou repetidas vezes a cabeça do motorista que conduzia o coletivo em movimento. Aí está a futilidade e a torpeza do motivo do crime perpetrado pelo réu. A danosidade de sua conduta foi exatamente proporcional à gigantesca repercussão social que o caso teve. A pirraça de Rodrigo ceifou nove vidas e feriu sete pessoas gravemente”, afirmou a juíz.

Rodrigo foi condenado pelos crimes de atentado contra a segurança de transporte público e três tipos de lesão corporal. O réu pode recorrer da sentença em liberdade.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados