Embarque gratuito na Linha 4 do Metrô segue até domingo

Para ser contemplado, o usuário deve embarcar em uma das cinco estações

Foto: Henrique Freire
Foto: Henrique Freire
Michelle Lorencini / Secretaria de Transportes

Os moradores e turistas que visitam a cidade do Rio de Janeiro têm até o próximo domingo (16/04) para realizar a viagem na Linha 4 do metrô gratuitamente. Para ser contemplado, o usuário deve embarcar em uma das cinco estações: Nossa Senhora da Paz, Jardim de Alah, Antero de Quental, São Conrado e Jardim Oceânico.

Com o fim da transferência na Estação General Osório, ocorrido no dia 25 de março, a nova linha metroviária passou a funcionar com todo o potencial de mobilidade, atingindo o pico de 140 mil passageiros. Esse aumento na demanda se deve, principalmente, à redução do tempo de viagem: o percurso entre as estações Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, e Carioca, no Centro da cidade, por exemplo, passou a ser realizado em 30 minutos; até Uruguai, na Tijuca, o deslocamento é feito em 49 minutos.

Moradora da Rocinha, a cozinheira Valdete de Lima comemorou o fim da transferência e a gratuidade nas passagens.

– Antes, eu ia de ônibus para o trabalho, em Botafogo. Demorava mais de uma hora para chegar por conta do trânsito. Com o metrô, consigo fazer esse mesmo trajeto em menos de meia hora. Com o fim da transferência em Ipanema ficou ainda melhor. Além da economia de tempo, essa semana também estamos economizando dinheiro. Estou convidando as minhas amigas que ainda não andaram para aproveitar essa oportunidade – ressaltou a moradora.

Pela primeira vez na Linha 4, a chilena Raquel Barrenechea embarcou na Estação Jardim Oceânico. Ela elogiou a estrutura e o atendimento nas estações.

– Estava pronta para usar o meu bilhete quando um funcionário me contou a novidade e passou um cartão especial para liberar o meu acesso. Quando viajo, procuro sempre utilizar o metrô para me deslocar. É um meio de transporte rápido e eficiente. Estou indo para o centro encontrar o meu irmão, que não vejo há quatro anos – disse a turista.

A gratuidade é exclusiva para o embarque nas estações da Linha 4. Os passageiros que deixarem o sistema em uma das estações das linhas 1 e 2 e voltarem também por uma dessas estações deverão pagar a passagem normalmente. Em Jardim Oceânico, os passageiros que fizerem a integração com o BRT pagam apenas o valor da passagem do modal (BRT).