Dedicação para sair do sedentarismo e entrar no ‘vício’ da caminhada

Dedicacao e empolgacao levaram Adrielly a sair do sedentarismo e perder peso

Há cerca de dois anos Adrielly Luise Marcenal, moradora do Bananal (Freguesia) pesou-se e a balança marcou 160kg. Aos 30 anos de idade ‘Adry’, além do sobrepeso, também estava hipertensa. Foi no momento que resolveu mudar de vida e passou a praticar caminhadas por indicação de uma amiga.

Circuito Ilha – Middle

Logo após decidir dar um novo rumo à sua vida Adrielly teve seu primeiro contato com as corridas de rua em março de 2015.

– Uma conhecida na época me indicou fazer caminhadas leves de início. Ela participava de corridas de rua há uns 10 anos e disse que me faria bem. Um dia eu estava “zapiando” pelo face e vi o anúncio do Circuito Ilha Carioca que seria justamente na minha rua e resolvi tentar. Nessa primeira meu pé ficou cheio de bolhas (risos). Mas sabe que depois que peguei a medalha nas mãos me deu uma sensação de vitória, de superação, e  que assim que foram abrindo as inscrição das etapas seguintes fui logo me inscrevendo – comenta Adrielly.

De lá pra cá Adry já participou de 11 eventos de corridas e caminhadas, sendo nove do Circuito Ilha Carioca onde não perde uma etapa.

– Ainda não arrisco correr, pois mesmo tendo eliminado 30kg desde a primeira caminhada, ainda falta muito para o meu corpo responder satisfatoriamente ao ritmo da corrida. Meu corpo mudou bastante depois que eu comecei a fazer caminhadas. Além do peso, minhas pernas estão mais torneadas, a respiração está muito melhor, a disposição aumenta e os resultados gerais te fazem querer mais e mais. Vira um vício! E o melhor que é um vício saudável! Recomendo a todos que estão aí sentados vendo a vida passar que levantem, caminhem, corram e saiam do ócio. Mesmo que não tenham problemas com o peso. É só começar. É terapêutico. Eu sei que às vezes bate preguiça (e como dá), mas depois que você se levantar e agir vai ver como seu dia fica até mais feliz. Comece devagar com uns 30 minutos por dia mas comece!

Segundo Marios Couto, profissional de educação física e especialista em treinamento funcional, a corrida basicamente é uma atividade aeróbica e com alto gasto calórico, assim sendo, ao combinar uma atividade com essas características a uma alimentação equilibrada, teremos a perda de peso como um dos resultados.

– De uma forma geral é sempre bom associar a corrida com alguma atividade de fortalecimento muscular, especialmente em pessoas acima do peso. O aumento da força muscular vai atuar na melhoria da performance e principalmente ajudar a prevenção de lesões, algo muito importante já que a corrida é uma atividade que gera bastante impacto – conta.

Marios, que treina dezenas de alunos na Vida Mais Assessoria Esportiva, também alerta que uma boa orientação profissional é sempre importante.

– Um bom profissional vai dar as devidas orientações quanto a volume de treino, mecânica e técnica de movimentos, exercícios de fortalecimento, etc. Para quem está começando, a dica é sempre ir devagar e respeitando o corpo. Iniciar com caminhadas, caminhadas rápidas, inserir pequenos intervalos de corrida nas caminhadas e aos poucos aumentando o tempo de corrida e diminuindo as caminhadas. Com paciência e regularidade, em 2 ou 3 meses já conseguimos fazer algumas corridinhas mais longas e quem sabe começar a participar de provas de rua, como o Circuito Ilha Carioca, que são sempre uma motivação a mais para se manter firme nos treinos – finaliza Marios Couto.