Capitão do Exército é preso após atropelar PM em blitz da Lei Seca na Ilha

O capitão do Exército Edmar Tadeu foi preso na madrugada deste domingo durante uma blitz na Estrada do Galeão

O capitão do Exército Edmar Tadeu de Souza Pereira foi preso na madrugada deste domingo por agentes da Operação Lei Seca, durante uma blitz na Estrada do Galeão, na Ilha do Governador.

Segundo informações da Secretaria de Estado do Governo, o capitão teria acelerado o carro e atropelado um policial militar que atuava na Operação, após ter sido abordado por agentes.

O militar foi preso após perseguição e o carro dele foi levado para um depósito público. A atitude do capitão custou 7 pontos na carteira e multa de R$ 957,70, por ter se recusado a realizar o teste do bafômetro. Além disso, sofreu infração por transpor o bloqueio (perda de 7 pontos e multa de R$ 191,54); por estar com a carteira de habilitação vencida (perda de 7 pontos e multa de R$ 191,54), e por não estar com a documentação obrigatória do veículo (perda de 3 pontos e multa de R$ 53,20).