Notícias

Publicado em 16/06/09 | Bairros

Cacuia

O Cacuia, bairro central da Ilha se destaca como um grande centro comercial, que concentra ao longo da Estrada da Cacuia, que abriga algumas filiais de grandes lojas como o Supermercado Mundial, Casas Bahia e Ricardo Eletro, além de dezenas de outras lojas, prédios comerciais, bares e lanchonetes. Abriga também quatro agências bancárias: Itaú, HSBC, Bradesco e Real (também endereçado como Jardim Guanabara).

No bairro, que tem como símbolo o “Relógio do Cacuia”, está instalado o único cemitério da Ilha do Governador, o Cemitério da Cacuia, inaugurado em 1904, e o Hospital Municipal Paulino Werneck.

Mas não só de comércio que vive o Cacuia, pois o mesmo é considerado o berço e o reduto do samba insulano. Além do tradicional carnaval de rua (a cerca de dois anos foi transferido para o Cocotá), dos ensaios do Bloco Tribo Cacuia na Rua Iacó, o Cacuia abriga a quadra de samba do GRES União da Ilha. A principal agremiação da Ilha também fundou-se no bairro em 1953.

No Cacuia também estão instaladas as garagens das empresas de ônibus Paranapuã e Ideal.

Hospital Municipal Paulino Werneck

Talvez 99% da população da Ilha não saiba, mas, como consta nos mapas da Prefeitura do Rio, dentro dos limites do Cacuia estão a Área Militar da Marinha, que atualmente nela encontram-se a estação de rádio e a base de combustíveis líquidos, e a APARU do Jequiá com 147 hectares. Dentro da Reserva, fica a colônia de pescadores Almirante Gomes Pereira, conhecida como colônia Z-10. Na orla marítima, próxima ao morro do Matoso, ficam as praias do Golfinho, Brava e do Alentejo, dentro da área militar da Marinha.

Leia Também: