Nando Viana 970×250
Ilha do Governador

Braso Lisboa desiste da linha Bancários x Prado Júnior

Atos de vandalismo foram os motivos que fizeram a empresa desistir, deixando apenas a empresa Ideal no projeto. Os veículos foram retirados na quarta-feira (06) e segundo o inspetor da Braso Lisboa, Eugênio Marquês, no último domingo em uma das viagens até a Prado Júnior, o coletivo teria sido invadido por pelo menos 30 homens que pularam a roleta e utilizaram o coletivo de forma exclusiva. Na volta ocorreu a mesma coisa.

Prosper 970×250

No dia da inauguração da linha, a direção da Braso chegou a informar que, dependendo da situação, iria colocar mais ônibus para rodar durante a semana. No começo os coletivos chegaram a andar vazios durante um período do dia, principalmente à tarde, saindo da Ilha. Mas isso, de acordo com a gerência de tráfego da Braso Lisboa, era considerado apenas como um período de adaptação, já que a nova ligação entre a Ilha e a Zona Sul, um anseio da população, estava na fase experimental.

Mas as invasões de domingo foram a gota d’água e a Braso entregou a linha para a Viação Ideal, que poderá fazer o mesmo se nenhuma segurança por parte da Prefeitura for dada nos finais de semana e durante as férias. A Bancários-Prado Júnior pode desaparecer daqui a um mês se nada for modificado.

Mostrar mais

Artigos relacionados