Acusado de espancar jovem que defendeu mendigo é detido por fugir de blitz

Um dois suspeitos é Willian Bonfim Nobre Fontes, investigado pela agressão a Vítor Suarez Cunha.

Policiais militares do Batalhão da Ilha do Governador (17º BPM) detiveram dois rapazes que furaram uma blitz da operação Lei Seca, na Estrada do Galeão, na madrugada desta quarta-feira (5).

Um dois suspeitos é Willian Bonfim Nobre Fontes. Ele é investigado pela agressão a Vítor Suarez Cunha, que tentou defender um mendigo, que apanhava de um grupo de jovens na Praia da Bica (Jardim Guanabara).

Segundo os PMs do 17º BPM, eles faziam um patrulhamento de rotina na região do Jardim Guanabara, por volta de 1h, quando suspeitaram de dois homens em uma moto Hornet 600 cilindradas.

A dupla foi perseguida mas, segundo a PM, chegou a furar um bloqueio da Operação Lei Seca. Eles só foram detidos após bater em uma viatura da PM na Estrada do Galeão, no bairro da Portuguesa.

Os PMs apreenderam duas gramas de maconha. William e Tiago Castro Prestes, de 21 anos, foram encaminhados para 21ª DP (Bonsucesso), central de flagrantes da região. Segundo a PM, William teve a moto e a carteira de habilitação apreendidas. Ele foi autuado por direção perigosa, porte de drogas e desobediência.

Ambos acabaram liberados.