Etapa Noturna 970×250
Carla Pereira

10 de julho – O dia estadual do frescobol

Prática esportiva é considerada parte do 'estilo de vida' da cidade. O Esporte foi criado há mais de 70 anos em Copacabana, mas o frescobol competição nasceu na Ilha do Governador.

Uma das características do Rio de Janeiro é ver as pessoas jogando frescobol nas areias das praias. Esse legítimo esporte carioca nasceu na praia de Copacabana em 1946 e o nome frescobol foi criado, pois o termo “frescor no final da tarde“ era muito utilizado pelas pessoas que curtiam a praia no fim da tarde.

Etapa Noturna 970×250

A grande curiosidade desse esporte é que ele pode ter nascido em Copacabana, mas ganhou “fama” nas praias da Ilha do Governador. A primeira competição de frescobol registrada no Brasil aconteceu, em 1985, na Praia do Bananal, que se tornou o ponto de encontro dos amantes do frescobol da época. Ali começaram a se reunir os amantes do esporte e esses encontros culminou-bse no primeiro torneio de frescobol da Ilha do Governador, em 1988. Logo, em 1989, já aconteceu o primeiro torneio de frescobol Brasileiro e também foi criado o primeiro circuito de frescobol da Ilha, em 1991. Assim o bairro da zona norte carioca se consolidou como o berço do frescobol nacional.

A Ilha do Governador possui um dos maiores grupos de frescobol do mundo, o G-FIG (Grupo de frescobol da Ilha do Governador). O grupo é formado por mais de 70 atleta e nos fins de semanas e feriados a galera do G-FIG se reúne na Praia da Bica, no Jardim Guanabara, em frente a o quiosque Altas Horas e ali montam sua arena e mostram suas impressionantes habilidades com a raquete. Vale lembrar que na Ilha foi criada a Federação Brasileira de Frescobol. O G-FIG segue lutando para mostrar  o grande celeiro de talentos que a Ilha é na história do frescobol nacional e até mundial.

Em 2015 , com o apoio do então presidente da Cedae e morador da Ilha do Governador,  Wagner Victer , que levou a pauta para a Prefeitura do Rio de Janeiro e o frescobol se tornou patrimônio imaterial da cidade.

— Gosto de dizer que somos o berço do frescobol de competição no mundo. Temos isso registrado. Na época juntamos diversas reportagens antigas sobre como o torneio foi evoluindo. Mostramos como nasceu o jogo, como era a bolinha de tênis descascada, a raquete de madeira, e como isso foi mudando com o tempo. Não imaginávamos que um dia o frescobol tomaria toda essa proporção. É uma honra para nós participar do processo de tombamento desse esporte genuinamente carioca — disse Jéfferson Oliveira, popularmente conhecido como Ovelha, presidente do Grupo de Frescobol da Ilha do Governador (G-FIG).

Outros dois insulanos, Roberto Moraes, o Babá, e Pedro Henrique Santos, o PH,  criaram em 2002 a Federação de Frescobol do Rio de Janeiro. Em 2010, foi promulgado o Dia Estadual do Frescobol, 10 de julho, mesma data de fundação da federação, o dia 10 foi escolhido para mostrar que o frescobol é nota 10 — explica o frescobolista Babá.

Para quem quiser assistir o espetáculo do frescobol ou até mesmo quiser aprender,  basta procurar o grupo de frescobol da Ilha do Governador, aos domingos por volta das 13:00 , na Praia da Bica,  a arena fica próxima aos quiosques Altas Horas e Kabana do Alemão.

Jefferson ( Ovelha ) , Paulo Henrique ( PH ) e Roberto Moraes ( Babá ) . 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados